Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Fauna Brasileira > Lista de Espécies Ameaçadas > Peixes - Carcharhinus plumbeus (Nardo, 1827) - Tubarão-galhudo
Início do conteúdo da página

Peixes - Carcharhinus plumbeus (Nardo, 1827) - Tubarão-galhudo

Classificação Taxonômica
Grupo
Classe:
Ordem:
Família:
Espécie:
Nome Vulgar:
Peixes
Elasmobranchii
Carcharhiniformes
Carcharhinidae
Carcharhinus plumbeus (Nardo, 1827)
Tubarão-galhudo
Categoria de Ameaça
Categoria Validada:
Critério Validado:
Presença Lista Anterior:
CR
A2cd
Justificativa
Carcharhinus plumbeus é uma espécie de distribuição circunglobal e registros de ocorrência para toda a costa brasileira. No litoral norte, nordeste e central do Brasil, há poucas informações e os registros são pontuais. Era observada na região sul, no passado, a maior abundância para esta espécie, mas atualmente os registros são escassos. A espécie possui alta fidelidade ambiental, com agregação de jovens em áreas de berçário na costa do Brasil. Há registro da perda de uma importante área de berçário no Rio Grande do Sul e Santa Catarina desde a década de 1980. No passado, havia capturas de jovens em áreas mais costeiras, e de adultos na plataforma continental pela pesca espinheleira e emalhe. Na costa nordeste não há evidência de declínio populacional, porém sua ocorrência é ocasional e possivelmente nunca foi tão abundante como era na região sul. O tempo geracional da espécie é cerca de 20 anos, sendo que a idade de primeira maturação é de 16 anos para as fêmeas, com ciclo reprodutivo de dois anos, o que torna a espécie mais vulnerável à sobrepesca. Dado o significativo declínio populacional desta espécie na sua região de maior abundância e a sua alta vulnerabilidade à pesca, infere-se de um declínio populacional superior a 80%. Por estas razões, C. plumbeus foi categorizada como Criticamente em Perigo (CR) pelo critério A2cd.
Pesquisadores Participantes do Processo*

Alessandra Lonardoni – UEM, Ana Rita Onodera Palmeira – UFPB, Arturo Mora – IUCN, Carolus Maria Vooren – FURG, Cristiane Elfes - University of California, Santa Barbara, Domingos Garrone Neto – UNESP, Emanuel C. Ferreira – FURG, Fernando Fernandes Mendonça – UNESP, Fernando Pedro Marinho Repinaldo Filho – ICMBio, Francisco M. Santana – UFRPE, Getúlio Rincon – UNIP, Guilherme Moro – UFPB, Jorge Eduardo Kotas - CEPSUL/ICMBio, Jules Soto – UNIVALI, Leandro Yokota – USP, Manoel Mateus Bueno Gonzalez - Núcleo de Pesquisa e Estudo em Chondrichthyes/UNISANTA, Maria Cristina Oddone – FURG, Maria Lúcia Góes de Araújo – UFRPR, Patricia Charvet - SENAI/PR, Ricardo de Souza Rosa – UFPB, Roberta Aguiar dos Santos - CEPSUL/ICMBio, Rodrigo Risi Pereira Barreto – UFRPE, Rosângela Lessa – UFRPE, Santiago Monte alegre Quijano – FURG, Vicente Faria – UFC.

* São listados os nomes de todos os pesquisadores que participaram de qualquer etapa do processo de avaliação do estado de conservação da espécie (envio de informações e oficina de avaliação). A categoria foi determinada na oficina pela maioria dos participantes, seguindo rigorosamente o método utilizado, e posteriormente validada seguindo o método de análise de consistência.

Referências
Bass, A.J., D’Aubrey, J.D. & Kistnasamy, N. 1973. Sharks of the east coast of southern Africa. I. The genus Carcharhinus (Carcharhinidae). South African Association for Marine Biological Research. Oceanographic Research Institute. Oceanographic Research Institute. Investigational Reports.

Bressan, P.M.; Kierulff, M.C.M.; Sugieda, A.M. (Coordenação Geral). 2009. Fauna Ameaçada do Estado de São Paulo: Vertebrados. São Paulo: Fundação Parque Zoológico de São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente.

Compagno, L.J.V. 1984. FAO species catalogue. Vol. 4. Sharks of the world. An annotated and illustrated catalogue of shark species known to date. FAO Fish. Synop. No. 125, vol. 4.

Compagno, L.J.V. In prep. Sharks of the World. An annotated and illustrated catalogue of the shark species known to date. Volume 3. (Carcharhiniformes). FAO Species Catalogue for Fisheries Purposes No. 1, Vol.3. FAO, Rome.

Gadig, O.B.F & Gomes, U.L. 2003. Família Carchathinidae. In: Menezes, N.A.; Buckup, P.A.; Figueiredo, J.L. & Moura, R.L. (Eds.). Catálogo das espécies de peixes marinhos do Brasil. São Paulo: Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. 160 pp.

Hazin, F. H. V., Oliveira, P. G. V. & Macena, B. C. L. 2007. Aspects of the reproductive biology of the sandbar shark, Carcharhinus plumbeus (Nardo, 1827), in coastal waters off Pernambuco, Brazil. Collective Volume of Scientific Papers. International Commission for the Conservation of Atlantic Tunas. 60 (2): 629-635.

Mattos, S.M.G. & Hazin, F.H.V. 1997. Análise de viabilidade econômica da pesca de tubarões no litoral do estado de Pernambuco. Boletim Técnico Científico CEPENE, Tamandaré 5(1): 1-27.

McAuley, R.B.; Colin A. Simpfendorfer, C.A.& Hall, N.G. 2007. A method for evaluating the impacts of fishing mortality
and stochastic influences on the demography of two long-lived shark stocks. ICES Journal of Marine Science 64: 1710–1722.

Meneses, P. & Paesch, L. 2003. Guía de campo para la identificacíon de peces cartilaginosos en el Río de La Plata y su frente oceánico. Dirección Nacional de Recursos Acuáticos. 61p.

Musick, J.A., Stevens, J.D., Baum, J.K., Bradai, M., Clò, S., Fergusson, I., Grubbs, R.D., Soldo, A., Vacchi, M. & Vooren, C.M. 2007. Carcharhinus plumbeus. In: IUCN 2010. IUCN Red List of Threatened Species. Version 2010.4. . Downloaded on 30 September 2010.

Rosa, R.S. & Gadig, O.B.F. 1995. Prospecção de tubarões pelágicos na plataforma continental da Paraíba. Resumos da VII reunião do Grupo de Trabalho sobre Pesca e Pesquisa de Tubarões e Raias no Brasil. Fundação Universidade do Rio Grande, Rio Grande, RS, p. 61.

Shibuya, A., Rosa, R.S. & Gadig, O.B.F. 2005. Stomach contents of Galeocerdo cuvieri and Carcharhinus plumbeus (Elasmobranchii: Carcharhinidae) caught off Paraiba State, Brazil. Arquivos de Ciências do Mar. 38: 105-107.

Vooren, C.M. & Klippel, S. 2005. Ações para a conservação de tubarões e raias na Plataforma Sul. Pp. 229-246 In: Ações para a conservação de tubarões e raias no sul do Brasil, Vooren, C.M. & Klippel, S. (eds.). Porto Alegre, Igaré.
Fim do conteúdo da página