Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Monitoramento > Todos artigos Monitoramento > Programa de Monitoramento da Biodiversidade em UCs da Caatinga
Início do conteúdo da página

Programa de Monitoramento da Biodiversidade em UCs da Caatinga

{besps}stories/o-que-fazemos/monitoramento/slide-4.2-caatinga{/besps}

O monitoramento da biodiversidade no bioma Caatinga está sendo delineado com base nos mesmos princípios e diretrizes que orientam os demais programas, mas com grupos de indicadores mais adequados para representar as particularidades desse bioma. A concepção deste programa e a realização de oficinas temáticas para a seleção dos indicadores e das UCs partipantes (ver relatoria) se deu entre o período de 2010 e 2011.

Para o biomaforam selecionados quatro grupos biológicos de indicadores minimos: Cactáceas, Répteis da ordem Squamata, Mamíferos de médio e grande porte e Aves.

4.2-mapa-ucs-caatinga

Protocolos de Monitoramento

O programa encontra-se em fase de aprimoramento e adequação dos protocolos que foram testados durante fase de inventário (2013-2013), nas três UCs federais do bioma – Parque Nacional da Serra da Capivara, Estação Ecológica Raso da Catarina e Floresta Nacional Contendas do Sincorá (mapa).

Em breve os protocolos serão dispobilizados.

 

 

A fase inventário do programa de monitoramento da biodiversidade em UCs da Caatinga contou com apoio financeiro do PROBIO II e a execução técnica ficou a cargo dos quatro Centros de Pesquisa e Conservação do ICMBio (CECAT, RAN, CENAP e CEMAVE), que responderam pela implementação e testes dos protocolos para os grupos de indicadores, além das articulações iniciais com os vários parceiros externos, primordiais para os sucesso e longevidade do monitoramento. 

 

 

Fim do conteúdo da página