Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Monitoramento > Todos artigos Monitoramento > Programa de Monitoramento da Biodiversidade em Costões Rochosos
Início do conteúdo da página

Programa de Monitoramento da Biodiversidade em Costões Rochosos

Histórico

A partir de 2013, o ICMBio deu início ao estabelecimento das diretrizes para o monitoramento em algumas UCs com Costões Rochosos. A princípio três UCs foram selecionadas como piloto (Reserva Biológica Marinha do Arvoredo - SC, Estação Ecológica Tupiniquins e a Estação Ecológica Tupinambás - SP) por abrigarem áreas significativas do ecossistema, assim como por apresentarem histórico de envolvimento com atividades de monitoramento.

O monitoramento dos recifes de coral adicionalmente às ações de monitoramento dos costões rochosos (em fase de elaboração) em unidades de conservação federais estará presentes em um único programa- Programa de monitoramento de ambientes coralíneos do Brasil.

PROTOCOLO DE MONITORAMENTO

A metodologia disponível como referência nesses ecossistemas é a Reef Check, cujo objetivo principal é promover o conhecimento sobre os costões rochosos, envolvendo a comunidade local na coleta de dados de monitoramento. A metodologia Reef Check foi escolhida, em reunião realizada em novembro de 2013. No momento, o protocolo básico a ser adaptado aos costões brasileiros encontra-se em fase de elaboração.

Fim do conteúdo da página