Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Mutirão retira 47,9 kg de lixo no Mona Cagarras
Início do conteúdo da página

Mutirão retira 47,9 kg de lixo no Mona Cagarras

Publicado: Terça, 12 de Novembro de 2019, 16h35
Evento é realizado desde 2011 e até o momento mais de meia tonelada de resíduos já foram retirados da unidade de conservação.

mutirãcagarras
Mutirão contou com 40 pessoas no recolhimento do lixo. (Foto: Acervo/ICMBio)

O Monumento Natural (Mona) Arquipélago das Ilhas Cagarras recebeu, no dia 8 de novembro, a sétima edição do Mutirão de Limpeza do Projeto Ilhas do Rio/Petrobrás. O evento é realizado desde 2011 e até o momento mais de meia tonelada de resíduos já foram retirados da unidade de conservação. A atividade resultou na retirada de 47,9 quilos de lixo.

Esta edição contabilizou cerca de 40 participantes: integrantes do Projeto Ilhas do Rio; servidores do ICMBio, Petrobrás; e voluntários, incluindo remadores do Clube Carioca de Canoagem. Eles fizeram a limpeza terrestre nas ilhas Comprida e de Palmas, nas quais foram retirados aproximadamente 30 kg de resíduos, como papeis, garrafas pet, plástico, vidros e acessórios usados em acampamentos irregulares, já que a atividade é proibida pela lei de criação da unidade de conservação. A limpeza no ambiente marinho foi realizada por um grupo de mergulhadores, que retirou quase 20 kg de lixo como âncoras, metais diversos e petrechos de pesca.

No dia seguinte, a ação ocorreu no Posto 6, na praia de Copabacana. A programação contou com palestras e uma pequena mostra sobre “Lixo nos Oceanos”, onde também o lixo recolhido foi separado, pesado e destinado para a Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb), parceira do projeto.

Do total de 47,9 kg retirados na UC, aproximadamente 1,5 kg era de vidro; 20,1 kg de metal; 4,1 kg de plásticos; 7,2 kg de papel e outros 15 kg de lixos diversos (tecidos, madeira, nylon). Palestras sobre o consumo de plástico e a ingestão do material por animais marinhos e dez curtas sobre lixo complementaram a ação de conscientização e educação ambiental.

Segundo a gestora da unidade de conservação, Tatiana Ribeiro, o mutirão é importante para sensibilizar a população sobre o descarte indevido do lixo que afeta os oceanos e também áreas protegidas como o Monumento Natural das Ilhas Cagarras. O ICMBio realiza fiscalizações frequentes no local, o que contribui para a diminuição de atividades ilícitas no Monumento Natural.

Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página