Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Onças do Iguaçu trabalha no engajamento da população
Início do conteúdo da página

Onças do Iguaçu trabalha no engajamento da população

Publicado: Sexta, 03 de Abril de 2020, 12h45
Projeto ainda desenvolve pesquisa para proteger o maior felino das américas.


onça
A preocupação é preservar o maior felino das Américas, que sofre com a perda do habitat e a caça. (Foto: Projeto Onças do Iguaçu)

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) vem realizando um trabalho de conscientização nos 14 municípios da região do Oeste do Paraná dentro do Projeto Onças do Iguaçu. A preocupação é preservar o maior felino das Américas, que sofre com a perda do habitat e a caça.

Um censo feito em parceria entre Brasil e Argentina aponta que existem cerca de 105 onças-pintadas no chamado “corredor-verde” entre os dois países. Em 2016, eram 90 animais, ao todo. Juntos, os parques nacionais do Iguaçu, no Brasil, e do Iguazú, na Argentina, totalizam 600 mil hectares e formam a maior área protegida contínua no centro-sul do continente. Abrigam espécies vulneráveis ou ameaçadas de extinção, como a peroba-rosa, o jacaré-de-papo-amarelo, o puma e a onça-pintada.

Um dos objetivos do projeto é conscientizar as pessoas e buscar a coexistência de todas as espécies, com melhorias nas práticas de manejo do gado, além de ações de fiscalização realizadas pela polícia e pelo ICMBio. Segundo a coordenadora do Onças do Iguaçu, Yara Barros, o projeto trabalha com pesquisa, engajamento da população e ações de coexistência. “Por meio desse trabalho, procuramos encontrar melhores formas de os produtores e fazendeiros terem suas rendas ampliadas e envolvê-los na preservação das onças”, comenta Yara.

Um desses trabalhos resultou em uma mudança do uso do solo em que o plantio de milho e soja substitui a prática da pecuária. Yara afirma que o projeto tem ajudado o produtor a ampliar o negócio. Para os pecuaristas, são ensinadas técnicas de manejo que evitam que as onças invadam suas propriedades, como iluminação dos currais e recolhimento dos animais durante as noites.

Conheça mais sobre o Projeto Onças do Iguaçu aqui

Comunicação
(61) 2028-9280

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página