Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Parques do Brasil estreia segunda temporada na TV Brasil
Início do conteúdo da página

Parques do Brasil estreia segunda temporada na TV Brasil

Publicado: Sexta, 24 de Julho de 2020, 09h28
Parque Nacional do Itatiaia será exibido dia 26 de junho.

Saíra sete cores
Saíra-sete-cores. (Foto: Divulgação Parques do Brasil)

A segunda temporada do documentário sobre os parques nacionais estreia no dia 26 de julho (domingo), às 19 horas, na TV Brasil. O Parque Nacional do Itatiaia, localizado entre os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, será o primeiro a ser exibido nesta temporada. A série de TV e web Parques do Brasil é promovida em parceria inédita entre a Casa de Oswaldo Cruz, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). O objetivo é promover o conhecimento sobre a importância dessas unidades para a conservação da biodiversidade no país.

O Parque Nacional do Itatiaia, que será apresentado na estreia do dia 26, será exibido em dois blocos. No primeiro, mostra a parte baixa e, no segundo, a parte alta do Parque. Na parte baixa, a aves são um espetáculo à parte, mostrando espécies como a saíra-sete-cores (Tangara seledon), o araçari-banana (Pteroglossus bailloni), o entufado (Merulaxis ater), o tiê-sangue (Ramphocelus bresilius), entre várias outras. Além das aves, há várias cachoeiras e primatas ameaçados como o Muriqui-do-Norte (Brachyteles hypoxanthus), a onça-parda (Puma concolor) e o queixada (Tayassu pecari) e plantas emblemáticas da Mata Atlântica. Tem ainda o palmito-juçara (Euteper edulis) e o samambaiaçu (Dicksonia sellowiana), bem como plantas endêmicas como a Bromélia.

No segundo bloco, os destaques são as montanhas, as nascentes e a diversidade de plantas dos campos de altitude do parque. Entre picos que alcançam 2.791 metros de altitude, como o das Agulhas Negras, está uma das localidades mais frias do Brasil. O planalto do Itatiaia já registrou 13 graus abaixo de zero e nevascas em pleno estado do Rio de Janeiro. O episódio revela ainda que o maciço do Itatiaia funciona como uma imensa caixa d’água, garantindo a proteção de várias nascentes e rios de uma bacia hidrográfica que atende uma população de mais de 17 milhões de pessoas.

Na sequência de exibição da série, estão programados para exibição o Parque Nacional das Sempre-Vivas (2/8), o Parque Nacional do Iguaçu (23/8) e o Parque Nacional do Descobrimento (30/08).

Lagoa do Plantalto do Itatiaia
Lagoa do Plantalto do Itatiaia. (Foto: Divulgação Parques do Brasil)

A primeira temporada da série foi lançada em 2018, com ótimos resultados de audiência, trazendo seis episódios com informações e histórias sobre os ecossistemas, a biodiversidade e os serviços ambientais dos parques nacionais das Emas (GO/MS), da Serra da Canastra (MG), do Pau Brasil (BA), da Serra das Lontras (BA), de Boa Nova (BA), da Chapada Diamantina (BA), da Serra da Bodoquena (MS), da Chapada dos Guimarães (MT) e da Reserva Biológica de Una (BA).

Nesta nova temporada, a série conta com novos colaboradores e pesquisadores de várias instituições de ensino superior públicas do país ao Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres – Cemave, do próprio ICMBio.

Calendário de exibição

Dia 26/07, (domingo), 19h - Parque Nacional do Itatiaia (com reprise no dia 09/08)

Dia 02/08 (domingo), 19h - Parque Nacional das Sempre-Vivas (com reprise no dia 16/08)

Dia 23/08 (domingo) - 19h - Parque Nacional do Descobrimento (com reprise no dia 06/09)

Dia 30/08 (domingo) - 19h - Parque Nacional do Iguaçu (com reprise no dia 16/09)

Acesse aqui e assista a série documental do Parques do Brasil
 
Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página