Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Instalações do Parque Nacional de Brasília serão reformadas e terão melhorias
Início do conteúdo da página

Instalações do Parque Nacional de Brasília serão reformadas e terão melhorias

Publicado: Quinta, 30 de Julho de 2020, 18h11
Pregão eletrônico para contratação de empresa que fará o projeto ocorreu nesta quinta-feira.

parquebrasilia
Melhorias para o Parna de Brasília. (Foto: Ramilla Rodrigues)

Para trazer mais conforto aos 250 mil visitantes que frequentam o Parque Nacional de Brasília todos os anos e permitir a conservação da natureza na unidade de conservação, o Ministério do Meio Ambiente vai promover, com os recursos de compensação ambiental, melhorias nas instalações do parque. A Caixa Econômica Federal realizou hoje, 30 de julho, o pregão eletrônico para a contratação de empresa para elaboração de projetos de reformas no local.

Para a elaboração do projeto estão previstos R$ 360 mil. Já a estimativa de investimento para a realização das obras gira em torno dos R$ 2,5 milhões. Com as melhorias na infraestrutura física, o visitante terá um centro de visitantes mais aconchegante, um mirante com vista de todo o Parque e uma lanchonete. Estão previstas ainda a reforma das guaritas e a construção de uma passagem suspensa de fauna para evitar atropelamento de animais.

A divulgação da empresa vencedora deve ocorrer até meados de agosto e a efetivação de contratação da empresa responsável pela elaboração do projeto deve acontecer até fim do mês que vem. De acordo com o edital, a empresa terá até 2021 para apresentar projeto final. Só depois disso será iniciada a licitação para a contratação da empresa responsável pela reforma.

O edital de melhorias no Parna de Brasília faz parte do Planejamento Anual de Execução Piloto que conta com os planejamentos do Parque Nacional de Brasília e também do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Os recursos vêm do Fundo de Compensação Ambiental, administrado e executado pela Caixa Econômica Federal.

* Texto: Ascom MMA

Comunicação ICMBio

(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página