Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > SALVE ampliará o acesso às informações de espécies ameaçadas
Início do conteúdo da página

SALVE ampliará o acesso às informações de espécies ameaçadas

Publicado: Sexta, 28 de Agosto de 2020, 08h03
Sistema foi desenvolvido com o objetivo de facilitar a gestão do processo de avaliação do risco de extinção das espécies da fauna brasileira.

cobra marco freitas
Jararaca de Murici (Bothrops muriciensis), ameaçada de extinção, é encontrada apenas na Esec de Murici, em Alagoas. (Foto: Marco Antônio de Freitas)

O SALVE (Sistema de Avaliação do Risco de Extinção da Biodiversidade), gerido pelo Centro Nacional de Avaliação da Biodiversidade e de Pesquisa e Conservação do Cerrado (CBC), é uma base de dados para o armazenamento e organização das informações sobre as espécies da fauna e uma ferramenta de controle, acompanhamento e execução das diferentes etapas do processo, desde o início da compilação de dados sobre as espécies até́ a avaliação do seu risco de extinção e a publicação dos resultados. Além disso, permite a organização das informações sobre os pesquisadores e instituições parceiras envolvidas.

A construção desse grande banco de informações conta com a parceria de especialistas da comunidade científica, que atuam incluindo dados e auxiliando o processo na organização, revisão e correção dessas informações, além das consultas públicas, oportunidade para qualquer cidadão contribuir com informações sobre as espécies.

No final de 2020, o ICMBio passará a disponibilizar publicamente as informações das espécies da fauna compiladas no SALVE que, por enquanto, está disponível apenas para usuários internos. Na interface pública, as informações sobre as espécies poderão ser pesquisadas de diferentes formas: por grupo da fauna, bioma, área de ocorrência e tipo de ameaça, além de gerar estatísticas de todas as espécies avaliadas. Será possível, por exemplo, consultar quais são as espécies de aves que estão Criticamente em Perigo (CR) e que ocorrem no Cerrado. O usuário poderá acessar on-line ou fazer o download das informações das espécies, com diversas possibilidades de filtro.

O SALVE deverá otimizar o uso das informações sobre as espécies da fauna para a gestão das unidades de conservação (UCs). Um exemplo de informação de grande utilidade disponível no sistema é a ocorrência das espécies da fauna nas UCs. Essas informações são fundamentais para a elaboração ou revisão de planos manejo, zoneamento da unidade, avaliação de impactos em processos de licenciamento ambiental, entre outras aplicações.

O lançamento da interface pública do SALVE consolidará um desejo antigo da coordenação do processo de aumentar a transparência na execução da avaliação do risco de extinção das espécies da fauna brasileira e ampliar a divulgação e disponibilização dos resultados à população.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página