Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Pesca de camarão rosa na Lagoa do Peixe encerra temporada
Início do conteúdo da página

Pesca de camarão rosa na Lagoa do Peixe encerra temporada

Publicado: Segunda, 31 de Agosto de 2020, 09h30
Decisão faz parte de monitoramento realizado pelo ICMBio, pescadores artesanais e pesquisadores.

lagoapeixe
Lagoa do Peixe. (Foto: Acervo/ICMBio)

Encerrada no início do mês de agosto a temporada de pesca artesanal do camarão-rosa (Penaeus paulensis) no Parque Nacional da Lagoa do Peixe, no Rio Grande do Sul. A decisão faz parte do monitoramento ordenado da pesca artesanal do camarão-rosa, realizado pela equipe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em parceria com os pescadores. O encerramento foi realizado de forma acordada com os representantes dos pescadores dos municípios de Mostardas e Tavares. Em agosto, ocorrem importantes processos biológicos e ecológicos no Parque da Lagoa do Peixe (especialmente relacionados ao recrutamento do camarão e à avifauna), que justificaram o fechamento da safra.

O ICMBio e pescadores mantêm um Termo de Compromisso (TC) que estabelece regras para o acesso, uso e manejo dos recursos naturais. Os pescadores artesanais tradicionais historicamente usam os recursos naturais no interior do Parque, mas com o compromisso de adotarem práticas sustentáveis. Assim, é possível conciliar a proteção do patrimônio natural e as necessidades de sobrevivência e bem-estar social dos pescadores artesanais beneficiários. O TC assegura o sustento, a cultura e os direitos das comunidades pescadoras, reduz os conflitos no Parque e beneficia a biodiversidade – da qual se destaca a sua avifauna.

O Parque Nacional da Lagoa do Peixe possui mais de 300 espécies de aves e quase 30% delas é composta de espécies migratórias (aves marinhas, aves limícolas, cisnes, flamingos, entre outras) com bandos de milhares de indivíduos. Muitas aves coexistem com as pescarias tradicionais na lagoa e na praia, e o monitoramento tem por objetivo avaliar a interação e regular a atividade segundo a avaliação dos estoques pesqueiros e eventuais impactos à biodiversidade.


Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página