Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Fiscais apreendem aves, carcaças e armas
Início do conteúdo da página

Fiscais apreendem aves, carcaças e armas

Publicado: Quarta, 16 de Setembro de 2020, 10h18
A Operação foi realizada com parceiros e aconteceu no entorno da Estação Ecológica (Esec) de Murici e na Área de Proteção Ambiental (APA) de Murici em Alagoas.
papagaiodomangue
Papagaio-do-mangue, ave apreendida na Operação. (Foto: Marco Antônio de Freitas)

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) apreendeu 172 aves, sete carcaças de animais silvestres e seis espingardas durante a Operação Curupira 8, realizada nos municípios da Área de Proteção Ambiental (APA) de Murici e na Estação Ecológica (Esec) de Murici, em Alagoas. Cinco pessoas foram presas em flagrante por crime de caça e porte ilegal de armas. Os fiscais aplicaram sete multas no valor de mais de R$ 10 mil. A Operação, coordenada pelo ICMBio, contou com o apoio do Instituto do Meio Ambiente (IMA), do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e da Policia Militar (PM).

A Operação de fiscalização, realizada de 8 a 14 de setembro, aconteceu nos municípios de Murici, Messias, União dos Palmares, São José da Lage e Flexeiras. Entre as carcaças de animais silvestres estavam tatus verdadeiros, quati, tamanduá-mirim, porco do mato e paca. Os fiscais destruíram ainda 200 gaiolas e alçapões, e 11 tatuzeiras.

Segundo o analista ambiental e chefe da Estação Ecológica (Esec) de Murici, Marco Antônio de Freitas, essa é a quarta operação de fiscalização realizada neste ano para combater os crimes ambientais na APA e no entorno da Esec de Murici. “A fiscalização é um trabalho permanente e fundamental para reduzir os crimes ambientais. E contamos sempre com o apoio dos parceiros, como o IMA e as polícias nas operações”, ressalta Freitas.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página