Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > Vizentin recebe secretário do Meio Ambiente do Mato Grosso
Início do conteúdo da página

Vizentin recebe secretário do Meio Ambiente do Mato Grosso

Publicado: Terça, 06 de Agosto de 2013, 19h47

Os dois conversaram sobre parcerias futuras entre o ICMBio e o estado

mt10Elmano Augusto
elmano.cordeiro@icmbio.gov.br

Brasília (06/08/2013) – O presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Roberto Vizentin, reuniu-se nesta terça-feira (6) em seu gabinete, em Brasília, com o secretário de Meio Ambiente do Mato Grosso, José Esteves de Lacerda Filho. Eles discutiram a possibilidade de os governos do estado e federal atuarem de forma mais sintonizada nas questões ambientais na região.

O presidente defendeu uma parceria imediata entre o ICMBio e o governo matogrossense para o desenvolvimento do turismo ecológico. Ele lembrou que, entre as 23 unidades de conservação federais geridas pelo ICMBio no Mato Grosso, estão os parques nacionais da Chapada dos Guimarães e do Pantanal Matogrossense. As duas unidades são responsáveis pela atração de milhares de turistas ao estado.

"É muito importante investirmos nessa área, pois temos um potencial muito grande na região", disse Vizentin, ao propor a assinatura, em futuro bem próximo, de um protocolo entre o ICMBio e o governo local para melhorar tanto a gestão dos parques estaduais como dos federais que ficam no Mato Grosso. "Para isso, podemos até buscar o apoio de outros atores, como o Ministério do Turismo", completou o presidente.

A proposta foi bem recebida pelo secretário José Lacerda. Ele concordou que é preciso valorizar os parques e, mais que isso, tratá-los como um "ativo" verde. "No ano que vem, é intenção do Governo do Mato Grosso incluir os parques como ativos financeiros no Orçamento estadual. Queremos dizer com isso que consideramos os parques uma riqueza nossa", salientou.

Apoio ao CAR

O secretário disse ainda que o governo do Mato Grosso tem todo o interesse de apoiar o governo federal no Cadastro Ambiental Rural (CAR), ferramenta para registo eletrônico de imóveis rurais e um dos desdobramentos do novo Código Florestal. "Temos boa experiência nessa área. Hoje, 30% das propriedades rurais no estado já estão no CAR. E vamos chegar a 100%", garantiu ele.

Durante a conversa, foram tratados ainda temas como os embargos de obras no estado, como a duplicação da MT-251, que liga Cuiabá à Chapada dos Guimarães, e do Complexo Turístico da Salgadeira, localizado no entorno do parque, além de uma indústria de processamento de calcário, no município de Porto Estrela, que fica a menos de 3 mil metros do perímetro da Estação Ecológica da Serra das Araras.

Lacerda sugeriu uma maior articulação, integração e cooperação entre o ICMBio e a Secretaria do Meio Ambiente em casos como esses. O presidente acatou a ponderação e disse que o Instituto tem todo o interesse de atuar em conjunto com o governo do Mato Grosso, para garantir a proteção do meio ambiente e, ao mesmo tempo, o desenvolvimento socioeconômico do estado.

Por fim, o secretário disse que nesta quinta (8) vai se reunir com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Ele adiantou que, no encontro, vai transmitir à ministra a mesma vontade, demonstrada na reunião com o presidente Vizentin, de atuar de forma integrada com o governo federal na área de meio ambiente.

Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

Fim do conteúdo da página