Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Geral > ICMBio inaugura Trilha Chico Mendes
Início do conteúdo da página

ICMBio inaugura Trilha Chico Mendes

Publicado: Terça, 29 de Agosto de 2017, 14h05
Iniciativa integra o projeto "10 picos, 10 travessias" lançado em 2017 em comemoração aos 10 anos do Instituto. Percurso de 90 km fica no interior da reserva extrativista, no Acre

Travessia 1

Brasília (29/08/2017) - Ao longo da última semana, a Reserva Extrativista Chico Mendes (AC) foi a anfitriã da 5ª travessia do projeto "10 picos, 10 travessias", comemorativo do aniversário de 10 anos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O evento marcou também a caminhada inaugural do novo atrativo da Reserva: a Trilha Chico Mendes. Com cerca de 90 quilômetros, o percurso atravessa as belezas da Floresta Amazônica e mostra de perto a realidade de quem vive dentro da reserva extrativista.

Entre os dias 17 e 21 de agosto, um grupo técnico formado por seis pessoas foi reunido para não apenas dar os passos iniciais no atrativo, como também de analisar o trajeto, identificar as melhorias que precisam ser feitas e também as oportunidades e desafios para consolidação da trilha.

Sinalização

Travessia 3A expedição também reforçou a sinalização do percurso, que tem como marca registrada uma pegada com o corte típico feito na seringueira e o pote embaixo para recolher a borracha. Mesmo sinalizada, a recomendação é que a travessia seja realizada obrigatoriamente com a companhia de guias locais.

Durante o trajeto é possível contemplar a natureza, ver de perto a exuberante flora da Amazônia e, com olhar atento, flagrar espécies da fauna nativa, como macacos, cutias e diversas aves. O grande diferencial dessa travessia, entretanto, não está só no que se vê, mas no que se escuta e vivencia. Os pernoites são feitos em casas de moradores ao longo do caminho.

Essa possibilidade permite ao visitante desfrutar de prazeres que dão mais charme à trilha, como ouvir histórias de seringueiros que lutaram pela criação da reserva, alguns ao lado do próprio Chico Mendes; experimentar a culinária simples e saborosa de quem planta e caça o que come; dormir em redes; ou mesmo escutar relatos de encontros com onças.

Tudo isso cria a oportunidade de mergulhar na história do Acre, entender o ofício da seringa, assim como descobrir de onde vem a famosa – e saborosa – castanha, ou mesmo provar o açaí colhido direto do pé. A lista de experiências é infinita, assim como os aprendizados.

Travessia 5Porém, nem só de belezas, é feito o percurso. Também no caminho estão áreas desmatadas e pastos que colocaram a floresta abaixo. O visual nada atrativo, entretanto, funciona como um apelo urgente. A Floresta Amazônica cai e o turismo pode ser uma força extra para combater o avanço do desmatamento dentro da reserva. É o que espera o analista ambiental Fernando Maia, principal responsável por tirar a trilha do papel.

Ampliação e novos percursos

No dia 23, em sessão extraordinária do Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista Chico Mendes, foi aprovada a proposta para realização de estudos de viabilidade para implementação de novas trilhas e para ampliação da Trilha Chico Mendes. A ideia é criar outras oportunidades para desenvolver o potencial turístico da unidade.

De acordo com Fernando Maia, as associações de moradores ficarão encarregadas de fazer o mapeamento das áreas interessantes ao turismo dentro de suas zonas. No interior da reserva, moram aproximadamente 2.300 famílias distribuídas em colocações ao longo dos 970 mil hectares da UC.

Comunicação ICMBio - (61) 2028-9280 - com informações e imagens do site O Eco


registrado em: ,
Fim do conteúdo da página