Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaques > Visitação no Parque Nacional do Iguaçu tem melhor trimestre
Início do conteúdo da página

Visitação no Parque Nacional do Iguaçu tem melhor trimestre

Publicado: Quinta, 09 de Abril de 2015, 19h30

Incremento foi de 4,3% em relação ao mesmo período de 2014

Incremento foi de 4,3% em relação ao mesmo período de 2014

© Todos os direitos reservados. Foto: Acervo Parque Nacional do Iguaçu

Brasília (09/04/15) - Contrariando as análises do cenário econômico nacional, o Parque Nacional do Iguaçu, localizado no Paraná, registrou sua melhor visitação trimestral desde que se iniciou a contagem, no ano de 1980. De janeiro a março, a Unidade de Conservação administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) recebeu 450.060 pessoas. O fluxo de turistas foi 4,3% maior que no mesmo período de 2014, quando ingressaram 431.359 visitantes.

Para o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, o bom andamento do turismo na unidade é reflexo de organização, gestão, planejamento e trabalho em conjunto. "Os números mostram que estamos no caminho certo, e nossa perspectiva é de otimismo para 2015. Uma soma de fatores contribui para este vigor do turismo", refletiu.

Para ele, o resultado colhido hoje é fruto das ações integradas promovidas pelo destino Foz do Iguaçu; do fortalecimento da imagem do seu principal atrativo, as Cataratas do Iguaçu, no imaginário de turistas brasileiros e estrangeiros; e do custo mais acessível para fazer turismo na Terra das Cataratas, quando comparado com outros locais turísticos nacionais e internacionais.

Sobre o Parque

O Parque Nacional do Iguaçu foi o segundo Parque Nacional brasileiro a ser criado no Brasil, em 1939.

Responsável por abrigar o maior remanescente de Floresta Atlântica da região sul do Brasil, ele protege uma rica biodiversidade. Ele foi a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, no ano de 1986. A bacia do rio Floriano, um dos afluentes do rio Iguaçu, uma raridade no sul do Brasil e garante água de qualidade graças à existência do Parque e seu excelente estado de conservação da biodiversidade.

Entre as espécies ameaçadas de extinção que o Parque ajuda a preservar estão: onça-pintada (Pantheraonca), puma (Puma concolor), jacaré-de-papo-amarelo (Caimanlatirostris), papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), gavião-real (Harpia harpyja), peroba-rosa (Aspidospermapolyneutron), ariticum (Rolliniasalicifolia), araucária (Araucariaaugustifolia), entre outras.

As famosas Cataratas do Iguaçu são compostas por um número variado de saltos e quedas que oscilam entre 150 e 270, de acordo com o volume de água do rio. Com nomes próprios como Floriano, Deodoro, Benjamim Constant e Garganta do Diabo, os saltos estendem-se numa frente semicircular de 2.700 metros de extensão, dos quais 800 metros estão do lado brasileiro e 1.900 metros do lado argentino. Para saber mais acesse o site do Parna do Iguaçu.

Visitação – Parque Nacional do Iguaçu - 1o Trimestre de 2015
Janeiro - 2015: 450.060 visitantes
Fevereiro - 2014: 431.359 visitantes
Março - 2013: 430.557 visitantes

Fonte: Assessoria de imprensa / Cataratas do Iguaçu S.A, com edições

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9290
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página