Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaques > Abrolhos: 32 anos encantando quem o conhece
Início do conteúdo da página

Abrolhos: 32 anos encantando quem o conhece

Publicado: Segunda, 27 de Abril de 2015, 11h44

Comunidade de Caravelas teve o prazer de conhecer mais o Parque

Comunidade de Caravelas teve o prazer de conhecer um pouco do trabalho feito no Parque

 © Todos os direitos reservados. Foto: Acervo ICMBio

Brasília (27/04/2015) - Na última semana (13 a 18 de abril), o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos desenvolveu uma série de atividades em comemoração aos 32 anos de criação. Primeiro parque marinho do Brasil, o foco da comemoração foi mostrar a importância desse manancial de biodiversidade marinha, tanto em nível regional quanto nacional.

Criado dia 06 de abril de 1983, Abrolhos tem como objetivos proteger área que abriga grande diversidade de corais, peixes recifais, tartarugas e aves marinhas, sendo considerado o maior berçário de baleias jubarte do Brasil. Dentro da programação, que durou toda a semana, cerca de 400 pessoas desenvolveram diferentes atividades.

Alunos de escolas de Caravelas e Teixeira de Freitas, municípios da Costa das Baleias, no extremo sul da Bahia, fizeram visita, Houve atividades voltadas para estudantes com necessidades especiais.

O público pesqueiro teve um dia especial de atividades, com o evento intitulado "Maré de Informações: cidadania e meio ambiente para uma pesca consciente", realizado na sede da Colônia de Pescadores de Caravelas (BA).

Escolas do município de Caravelas visitaram o Centro de Visitantes ao longo dos dias e participaram do evento "Descobrindo a Ciência no Parque", cujo objetivo é divulgar resultados de pesquisas e informações relacionadas ao ambiente natural e social do município de Caravelas.

A equipe do Parque recebeu, ainda, alunos surdos e intérpretes da rede pública de Teixeira de Freitas e Caravelas para o evento intitulado "Sentindo a Natureza: inclusão social no Parque", que possibilitou uma visita guiada ao Centro de Visitantes do Parque com o apoio dos intérpretes. O foco foi transmitir informações sobre a importância do Parque, sua fauna e flora.

Foi possível a sinalização para os surdos sobre os atrativos e a importância da Unidade, incluindo atividades na Trilha do Marobá e no rio Caravelas, e a apresentação de um teatro pela equipe do Parque.

O Movimento Cultural ArteManha realizou também oficinas de dança e percussão pela manhã do dia 16, enquanto pela parte da tarde a Escola Kahuna de Stand-Up em Caravelas, ofereceu aos funcionários e servidores do ICMBio um aulão em Caravelas para a prática do stand-up, contribuindo para as iniciativas de qualidade de vida do Instituto.

Junto à classe pesqueira em Caravelas, foram realizadas ao longo de todo dia 17, atividades para sensibilização sobre a importância do Parque para a pesca artesanal e a conservação da biodiversidade.

A Capitania dos Portos de Porto Seguro - Marinha do Brasil esteve presente ao longo de todo dia em atividades de palestras e emissão de documentos para regularização de embarcações e habilitação dos pescadores.

A Secretaria de Assistência Social de Caravelas prestou serviços de emissão de documento de identidade, consultas a programas sociais e orientações sobre o centro de referência da assistência social e de crédito para pescadores.

A Secretaria de Saúde disponibilizou equipe para realização de exames rápidos de glicemia e pressão arterial e orientações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/AIDS) e distribuição de preservativos.

A tarde do dia 17 iniciou-se com o Instituto Baleia Jubarte apresentando o vídeo-documentário "Pescando Soluções" sobre relação entre pescadores e as baleias jubarte na região. Em seguida, houve uma roda de conversa sobre a Pesca Artesanal como Patrimônio Cultural e palestra sobre a Nova Lista de Peixes Ameaçados de Extinção, oferecida pela Conservação Internacional.

Também esteve ao longo de todo dia a equipe de Comunicação e Educação Ambiental da Reserva Extrativista (Resex) do Cassurubá, Unidade de Conservação de Uso Sustentável administrada também pelo ICMBio.

No sábado, dia 18, aconteceu a "Noite de Homenagens" - ocasião em que foi prestado o reconhecimento do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos e seus conselheiros a cidadãos que fazem a diferença para a qualidade do meio ambiente, do bem estar, da cultura e da cidadania em Caravelas (BA). Fizeram parte desse momento a exibição de vídeo sobre os homenageados, apresentações culturais e entrega certificados/brindes pela equipe do Parque.

Todas as atividades contaram, desde seu planejamento, com a contribuição e articulação de atores e instituições locais parceiras do Parque. E o objetivo foi alcançado. As ações mostraram ao público a importância do Parque Nacional Marinho de Abrolhos para a região e para o Brasil.

Comunicação ICMBio
(61) 61-2028-9290
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página