Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaques > Estação Ecológica do Taim e Embrapa realizam projeto
Início do conteúdo da página

Estação Ecológica do Taim e Embrapa realizam projeto

Publicado: Segunda, 27 de Abril de 2015, 12h02

Proposta é alavancar boas práticas produtivas no entorno da UC

Proposta é alavancar boas práticas produtivas no entorno da UC

© Todos os direitos reservados. Foto: Acervo ICMBio

Brasília (27/04/2015) - Por meio do Termo de Reciprocidade firmado entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) está sendo implementado um projeto que visa alavancar a agroecologia e as melhores práticas produtivas na zona de amortecimento da Estação Ecológica (Esec) do Taim, Unidade de Conservação administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) localizada no Rio Grande do Sul.

Como parte das ações, em meados de abril (15), a Embrapa iniciou a implantação de um sistema demonstrativo de pecuária junto à Associação de Moradores do Curral. O sistema terá aproximadamente cinco hectares cercados e o solo será preparado para uma pastagem mais adequada. Tanto o crescimento da pastagem quanto o rendimento diário de ganho de peso do gado serão acompanhados pelos produtores e pelos especialistas da Embrapa.

A iniciativa de qualificar a pecuária está relacionada ao Arroz Amigo do Taim, projeto que visa o cultivo de arroz orgânico, além de estar ligado também à pesca sustentável, à certificação e melhoria da silvicultura e ao início das tratativas para se implantar a soja orgânica e frutas nativas, como o butiá e o araçá.

Ganho para Taim e produtores rurais

A introdução das melhores práticas resultará em uma certificação e em ganhos para os pequenos produtores ligados à pecuária, que são grande maioria na zona de amortecimento da unidade.

De acordo com o chefe da Esec do Taim, Henrique Horn Ilha, a unidade optou por buscar alternativas compatíveis de produção para a zona de amortecimento, visando aproximar os produtores da Estação Ecológica, valorizando sua cultura e qualificando seus processos produtivos.

"O apoio da comunidade do entorno, além de manter as características rurais e a qualidade ambiental, traz benefícios à Unidade e mantém importantes parceiros para auxiliar no controle dos ilícitos ambientais e na adequação das práticas cotidianas às necessidades dos importantes ecossistemas e seus processos", frisou Ilha.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9290
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página