Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaques > Comunidade de Acaú-Goiana realiza mutirão de limpeza
Início do conteúdo da página

Comunidade de Acaú-Goiana realiza mutirão de limpeza

Publicado: Quinta, 11 de Junho de 2015, 14h26

A limpeza era necessária para que as águas do rio voltassem a correr

A limpeza era necessária para que as águas do rio voltassem a correr

 © Todos os direitos reservados. Foto: Acervo ICMBio

Brasília (11/06/2015) - Cerca de 70 pessoas da Comunidade Tejucopapo, localizada no município de Goiana, em Pernambuco, realizaram um mutirão de limpeza em um dos tributários do rio Goiana. A ideia da iniciativa, realizada em 24 de maio, partiu da própria comunidade, que faz parte da Reserva Extrativista (Resex) Acaú-Goiana – unidade de conservação federal administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) localizada na Paraíba e Pernambuco - por meio da conselheira e comunitária Amara Muniz Cardoso.

De acordo com a conselheira da Resex, a limpeza era necessária para que as águas do rio voltassem a correr, beneficiando assim toda a comunidade que vive em seu entorno. "Nós enfrentamos um problema de falta de água muito sério e por isso o rio é tão importante para nossa comunidade. Só que o mato cresceu demais, além do lixo, impedindo o curso das águas, então decidimos fazer alguma coisa para resolver isso", explicou Amara.

Homens, mulheres, idosos e crianças participaram da atividade que culminou em uma grande festa de confraternização. Amara Muniz e outras pessoas da comunidade também arregaçaram as mangas para promover um grande almoço oferecido a todos os participantes. "Fomos de porta em porta pedindo contribuições como um quilo de feijão, um quilo de arroz e tudo que pudesse nos ser doado para fazer o almoço que foi servido à beira do rio, como forma de agradecimento por todo trabalho, em uma grande festa", afirmou a comunitária.

O objetivo da comunidade é realizar a limpeza ao longo de pelo menos 1,5 km de rio. Contudo, diante de todo trabalho que encontraram, o mutirão conseguiu percorrer, em um dia, cerca de 1 km. "Estamos nos programando para, em breve, cumprir o resto do percurso que planejamos. Muito lixo e mato foram recolhidos; tanto que precisaremos da ajuda da Prefeitura, nos fornecendo uma caçamba, para retirar tudo de lá. Estamos fazendo a nossa parte e esperamos que eles façam a deles", garantiu Amara.

A analista ambiental da Resex Acaú-Goiana, Marisol Pessanha, que acompanhou o mutirão, destaca o despertar do protagonismo da Comunidade de Tejucopapo. "É importante verificar em ações como esta o fortalecimento comunitário e o despertar da autonomia na idealização e execução das ações de conservação e preservação do meio ambiente, sem a espera apática por iniciativas do poder público. É o despertar dessa consciência que dá autonomia à comunidade", afirmou Marisol.

Comunidade Tejucopapo

A comunidade Tejucopapo é uma das seis comunidades inclusas na Reserva Extrativista Acaú-Goiana. É a segunda maior comunidade da Resex, com cerca de 200 pessoas beneficiadas. A principal atividade econômica de seus moradores é a pesca artesanal, não só de peixes, mas também de sururu, caranguejo, guaiamum, marisco e siri.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página