Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaques > Avança criação do primeiro parque nacional na Paraíba
Início do conteúdo da página

Avança criação do primeiro parque nacional na Paraíba

Publicado: Quinta, 12 de Novembro de 2015, 21h52
Presidente do ICMBio recebe sinal verde do governador do estado


Presidente do ICMBio recebe sinal verde do governador do estado

Foto: Alberi Pontes

Aldo Vasconcelos
Comunicação ICMBio Nordeste

João Pessoa (12/11/2016) – O presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Claudio Maretti, reuniu-se, nesta quinta-feira (12), em João Pessoa (PB), com o governador do estado, Ricardo Coutinho. Eles discutiram a implantação do Parque Nacional da Serra de Teixeira. “A implantação do parque nos interessa profundamente, uma vez que, além de protegermos as cerca de 70 nascentes de nossa água existentes naquela serra, vamos colocar o estado na rota do ecoturismo”, afirmou o governador.

O presidente Maretti disse que a criação de parques nacionais por todo o país depende do interesse do governo de cada estado e que o interesse demonstrado pelo governador Ricardo Coutinho será, certamente, decisivo para que o governo federal, por meio do Ministério do Meio Ambiente, dê prioridade à criação do Parque Nacional da Serra de Teixeira.

Maretti observou ainda que a Paraíba é um dos poucos estados brasileiros que não possuem um parque nacional em seu território e ressaltou que esse tipo de unidade de conservação é importante porque, entre outras ciosas, protege de forma integral todas as riquezas biológicas e cênicas encontradas na região.

A nova unidade, segundo o presidente do ICMBio, vai abranger mais de dez municípios paraibanos com predominância do bioma Caatinga. “Com o interesse demonstrado pelo governador Ricardo Coutinho, a gente acaba de dar um grande passo para a criação do primeiro Parque Nacional do Estado da Paraíba”, ressaltou Maretti.

Apoio da sociedade

Durante o encontro, o governador Ricardo Coutinho disse ainda que a implantação do Parque Nacional da Serra de Teixeira vem sendo solicitada há anos por diversos segmentos da sociedade paraibana daquela região, a exemplo da Igreja. “Sei da importância da biodiversidade do ponto de vista da geração de emprego e renda através do turismo ecológico e, principalmente, por aquele conjunto de serras abrigar 70% das nascentes da bacia do Rio Piranhas/Açu e nosso interesse é proteger mais nossa água”, afirmou o governador.

O secretário executivo do Meio Ambiente da Paraíba, Fabiano Lucena, que também participou de encontro, enfatizou que foi por esse conjunto de motivações ambientais, hídricas e de desenvolvimento econômico, que o governador Ricardo Coutinho mostrou total interesse na implantação do Parque Nacional da Serra de Teixeira.

“O mais interessante é que o governador não está apenas pedindo que o parque seja implantado pelo governo federal, ele está afirmando que quer participar de forma ativa do processo entrando em contato com o setor privado e com as comunidades locais para que esse trabalho surta efeito positivo de forma acelerada”, disse o secretário.

Participaram ainda do encontro a coordenadora regional (CR-6) do ICMBio (Paraíba, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará), Carla Marcon, o diretor superintendente da Sudema, João Vicente, o professor da UFPB e coordenador do Estudo para Criação da Unidade de Serra de Teixeira, Helder Araújo, e o assessor técnico, Itaragil Marinho.

Entrevista 

Na manhã desta sexta-feira (13), o presidente Claudio Maretti concederá entrevista ao Bom Dia Paraíba, da TV Globo. Além da criação do parque, ele falará sobre outras ações do ICMBio no estado. Afora a sede da CR-6, o Instituto mantém no estado dois centros nacionais de pesquisa e conservação - o Cemave (aves) e o CPB (primatas) - e cinco UCs - Floresta Nacional da Restinga de Cabedelo, Reserva Biológica de Guaribas, APA da Barra do Mamanguape, Área de Relevante Interesse Ecológico Manguezais da Foz do Rio Mamanguape e a Reserva Extrativista Acaú-Goiana. 

Em seguida, Marettii viaja para Natal (RN), de onde embarca para Fernando de Noronha (PE). Na ilha, ele terá reuniões com gestores do parque nacional marinho e da APA de Fernando de Noronha. No sábado (14), o presidente conhecerá projetos realizados pelo Instituto no arquipélago.

Comunicação ICMBio
(2028-9280)
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página