Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaques > Campanha sensibiliza visitantes da Flona de Tapajós
Início do conteúdo da página

Campanha sensibiliza visitantes da Flona de Tapajós

Publicado: Sexta, 18 de Dezembro de 2015, 11h00
Turistas receberam orientações sobre cuidados com a floresta nacional


Turistas receberam orientações sobre cuidados com a floresta nacional

Fotos: Arquivo ICMBio

Nana Brasil
ascomchicomendes@icmbio.gov.br

Brasília (18/12/2015) – O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Belterra (Semat) realizaram, no domingo (13), a I Campanha de Sensibilização de Turistas e Visitantes da Floresta Nacional (Flona) do Tapajós, no Pará. A ação envolveu as comunidades de São Domingos, Maguari e Jamaraquá, localizadas no interior da unidade de conservação (UC), no município de Belterra (PA).

Com o apoio da Cooperativa Mista da Flona do Tapajós e de moradores das comunidades, a campanha teve o objetivo de orientar os visitantes sobre a importância de cuidar dos recursos naturais e culturais da floresta nacional. Hoje, as praias e igarapés da unidade estão entre os destinos mais procurados pelos turistas na região oeste do Pará, onde é possível ter contato com a natureza e conhecer o cotidiano dos moradores tradicionais.

De acordo com José Risonei, chefe da unidade, o turismo é uma importante atividade econômica desenvolvida na Floresta Nacional do Tapajós, promovendo geração de renda para as famílias, conservação da floresta e conscientização ambiental. “Só em 2015 mais de 20 mil turistas conheceram as belas praias do Rio Tapajós, as trilhas e as grandes árvores, como a Sumaúma Vovó”, afirmou.

Ainda segundo Risonei, o ICMBio tem trabalhado em parceria com os moradores da UC na divulgação de orientações voltadas para os turistas. “É essencial conciliar o uso dos recursos naturais com a conservação da natureza”, disse ele, ao ressaltar o artigo 225 da Constituição Federal de 1988, que prevê que as pessoas têm o direito de desfrutar de um meio ambiente equilibrado e saudável, cabendo ao poder público e à coletividade defendê-lo e preservá-lo.

Durante a campanha, servidores e colaboradores do ICMBio circularam pelas praias e igarapés que concentram o maior número de pessoas e entregaram aos turistas e visitantes um informativo com as seguintes orientações:

* Ao entrar na unidade, dirija-se às bases e identifique-se, leia o Termo de Conhecimento de Risco e, em seguida, assine a folha de controle

* Respeite as regras e costumes das comunidades 

* É proibida a captura, a coleta, a pesca e o transporte de material biológico da unidade, exceto com prévia autorização do órgão gestor

* Utilize apenas as trilhas autorizadas com guias comunitários. Procure o responsável pela visita

* A velocidade permitida para os veículos nas vias de acesso é de 40 Km/h e nas comunidades 20 Km/h

* Não é permitida a circulação e estacionamento de veículos nas praias e próximo a igarapés

* Não é permitido acender fogueiras próximo aos igarapés e praias

* Não é permitida a utilização de som em alto volume para evitar a perturbação da fauna e dos moradores

* Não deixe lixo nas praias e igarapés

Além de entregar o folheto, os servidores e colaboradores do ICMBio conversaram com as pessoas, tiraram dúvidas sobre a conduta responsável no interior da Flona e deram dicas de como melhor aproveitar os atrativos naturais. A recepção por parte dos visitantes e turistas foi considerada muito boa. Todos prometeram cumprir as regras de uso público da unidade.

Já a equipe da Flona avaliou os resultados da campanha como positivos e anunciou que deverá retomar as atividades de sensibilização e conscientização de visitantes e turistas nos próximos meses, contemplando também outras comunidades da região.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página