Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Turistas encaram 6,9º C e acampam no Itatiaia
Início do conteúdo da página

Turistas encaram 6,9º C e acampam no Itatiaia

Publicado: Quinta, 25 de Julho de 2013, 17h06

Temperatura foi registrada quarta-feira no parque nacional

AgulhasBrasília (25/07/2013) – O Parque Nacional do Itatiaia, administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), na região serrana entre Rio de Janeiro, São Paulo e Minas, recebe turistas o ano inteiro, mas nos meses de junho e julho um elemento em especial atrai mais visitantes: o frio. Ontem (quarta-feira, 24), a mínima apontada pela estação meteorológica do local foi 6,9º C.

Não foi a temperatura mais fria registrada em 2013 pela estação. Mesmo assim, em uma manhã chuvosa e com muita neblina, o lugar estava cheio de visitantes em busca de aventura. "Em junho, 2.594 turistas passaram por aqui. Até o dia 22 de julho, já foram registradas 2.932 visitas. E esse número vai aumentar ainda mais até o fim do mês", disse o funcionário Sidnei Fonseca, que trabalha na recepção do local há oito anos.

Muitos turistas não se contentam apenas em conhecer as belezas naturais do parque. Eles querem dormir na parte alta. "Eu já trouxe todos os meus amigos pra acampar aqui. É uma experiência fantástica", contou o advogado Daniel Serozini, que, aos 34 anos, acampa desde os 19 no parque.

Dicas

O veterano dá dicas para não passar apuros durante a noite. "É essencial trazer isolante térmico e um saco de dormir. Coberta não segura o frio aqui em cima". Nessa quarta-feira, ele "apresentava" o acampamento para o músico Uirá da Fonseca, de 29 anos. "Gostei muito da aventura. Deu pra dormir tranquilo na barraca, apesar do frio intenso", explicou Uirá.

Além da área de camping, escolhida pelo Daniel, há no parque o Abrigo Rebouças, um espaço com dormitório, cozinha e banheiro. Essa foi a escolha do guia de turismo Luis Salgado, que levou a filha de nove anos pela primeira vez. "Foi muito maneiro dormir aqui. Tá frio, mas tá legal. Quero voltar sempre com meu pai", contou Brenda.

Luis indica o abrigo para quem irá vivenciar a experiência pela primeira vez. "Os mais aventureiros vão pro camping. Mas, quem ainda não conhece, é melhor optar pelo abrigo. É mais protegido do frio, tem cozinha e uma estrutura bem bacana", disse.

Reservas

No abrigo ou na área de camping, para dormir no local é necessário fazer uma reserva pelo site do Parque Nacional do Itatiaia. "São 10 vagas de reserva disponíveis no site. E a gente deixa cinco livres para quem chega aqui. Aí, é por ordem de chegada. Custa R$ 6 por pessoa, a pernoite. Já no abrigo, são 16 vagas disponíveis e custa R$ 10 por pessoa, a pernoite. Além disso, há a taxa de entrada no Parque. Aqui tá sempre lotado. Tem que fazer a reserva senão não consegue", explicou o recepcionista Sidnei.

Esse foi o caso da advogada Andrea Romero. Ela saiu com os filhos de Caxambu (MG), com a ideia de aproveitar o frio e ficar no abrigo, mas não conseguiu. "A gente trouxe macarrão, sopa, chocolate, bolacha... Viemos preparados pra ficar uns dias, mas não tem mais vaga. Mesmo assim valeu a aventura", disse a advogada, que improvisou um acampamento na parte de trás do carro, na guarita de entrada, para as crianças curtirem um pouquinho do frio.

"Valeu o passeio, mas acampar deve ser mais legal", disse Estela, de 10 anos. E, se depender das crianças, a mãe Andrea vai precisar se programar pra voltar ao parque. "A gente ficou com água na boca pra dormir aqui. Eu falei pra minha mãe por que ela não teve essa ideia antes", contou Victor, de 11 anos.

O parque

O Parque Nacional de Itatiaia é o primeiro parque criado no Brasil. Foi fundado em 1937. Nele, está localizado o Pico das Agulhas Negras, o mais alto do estado do Rio de Janeiro, com 2.791 metros de altura. Esse é o ponto mais procurado pelos turistas, seguido das Prateleiras.

"Quem vem pra fazer essas trilhas pela primeira vez, a gente recomenda contratar um guia de turismo, que tem os equipamentos necessários, sabe como usar e, o principal, conhece bem toda a região. O Parque tem 30 guias cadastrados", explicou Sidnei, ressaltando que há regras e horários que são informados aos turistas assim que eles preenchem o termo de responsabilidade.

Matéria relacionada:

Parque Nacional de Itatiaia registra queda de neve

Comunicação ICMBio – (061) 3341-9280 – com informações do G1

registrado em:
Fim do conteúdo da página