Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Pedra da Gávea entra na programação de Voluntariado
Início do conteúdo da página

Pedra da Gávea entra na programação de Voluntariado

Publicado: Quarta, 26 de Novembro de 2014, 15h29

Para participar, basta ser maior de 18 anos e enviar um email solicitando a inscrição

Para participar, basta ser maior de 18 anos e enviar um email solicitando a inscrição

Pedra da Gávea entra na programação de Voluntariado

Julia Barroso
julia.barroso@icmbio.gov.br

Rio de Janeiro (26/11/2014) — A Pedra da Gávea, um dos mais famosos atrativos do Parque Nacional da Tijuca (RJ), entrou no Programa de Voluntariado da Unidade de Conservação (UC). Para se inscrever, é necessário ser maior de 18 anos e estar presente na data, local e horário combinados. Os interessados devem enviar um email para voluntariospnt@googlegroups.com ou parnatijuca@icmbio.gov.br solicitando o cadastro.

O Programa de Voluntariado do Parque Nacional da Tijuca existe há dez anos e desenvolve trabalhos variados todos os dias da semana para os diversos tipos de público que visitam a Unidade. Além da programação, que inclui atividades semanais na trilha Parque Lage X Corcovado, manejo de espécies invasoras e apoio às diversas atividades da equipe de monitores ambientais do Parque, outras ações merecem destaque, incluindo a adoção de trilhas.

"Nessas atividades, os grupos de voluntários responsabilizam-se pela manutenção de determinados trechos ou áreas do Parque e desenvolvem planos de trabalho personalizados, que funcionam de acordo com a possibilidade de cada voluntário e com as prioridades de gestão da UC", destacou Ernesto Castro, chefe da Unidade.

A trilha da Pedra da Gávea, por conta da declividade e da grande visitação que recebe - é a mais procurada por visitantes e turistas do Parque - vai ganhar, a partir de agora, manutenção constante e especial. Inicialmente, as atividades acontecerão todas as terças-feiras, a partir das 9h.

"Os voluntários que já trabalham no Parque poderão ajudar nessas atividades, mas também abrimos espaço para novos voluntários interessados no projeto. Basta fazer a inscrição e preencher um Termo de Adesão, disponibilizado na recepção do Centro de Visitantes ou entregue no dia das atividades", destacou Castro.

O documento também está disponível para download, no endereço http://ow.ly/CLljG. O voluntário deverá colocar no Termo, entre as opções apresentadas, todas as atividades que desejar participar e terá direito a um certificado ao completar pelo menos 40 horas de participação nos trabalhos.

Trabalhos a serem realizados

Entre os trabalhos, os voluntários vão ajudar na poda de vegetação, fechamento de atalhos, correção de piso, manutenção de degraus, drenagem do solo, sinalização da trilha e retirada de plantas invasoras. Além disso, fazem parte da programação o controle de espécies vegetais nocivas ao Bioma Mata Atlântica, que impedem o crescimento da flora nativa, e mutirões mensais, geralmente realizados aos sábados ou domingos.

As atividades dos mutirões variam de acordo com as necessidades e prioridades da gestão do Parque, mas podem ser trabalhos voltados ao manejo de trilhas, plantios, retiradas de plantas invasoras e coletas de lixo.

Sobre o Parque Nacional da Tijuca

O Parque Nacional da Tijuca protege a primeira floresta replantada do mundo. As florestas desta Unidade de Conservação são resultado do primeiro grande projeto de reflorestamento no Mundo, iniciado em 1861. Após a destruição quase total da floresta para produção de carvão e plantio de café, as fontes de água que abasteciam a cidade começaram a secar. Começou então um grande processo de desapropriação das fazendas de café e replantio de mais de 100 mil árvores.

O local também possui uma grande variedade de trilhas e cachoeiras, além de ruínas históricas, dos tempos das fazendas de café. Além disso, a UC protege o Corcovado e o Cristo Redentor, monumentos emblemáticos do Rio de Janeiro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página