Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Parque Nacional da Serra dos Órgãos completa 75 anos
Início do conteúdo da página

Parque Nacional da Serra dos Órgãos completa 75 anos

Publicado: Sexta, 28 de Novembro de 2014, 17h41

Serão realizadas diversas atividades de lazer. O evento é gratuito e aberto ao público

Serão realizadas diversas atividades de lazer. O evento é gratuito e aberto ao público

Parque Nacional da Serra dos Órgãos completa 75 anos. Foto: Flávio Varricchio

Gustavo Frasão
gustavo.caldas@icmbio.gov.br

Brasília (28/11/2014) — O Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ) completa no próximo domingo, dia 30 de novembro, 75 anos de atividades. Para celebrar a data, os gestores da Unidade de Conservação (UC) reservaram o dia para desenvolver várias atividades de lazer com os visitantes, turistas e familiares na sede do Parque, em Teresópolis.

Fazem parte da programação atrações musicais, apresentações teatrais, gincanas, trilhas guiadas, stands temáticos e diversas atividades recreativas para as crianças. "O evento é aberto ao público e a entrada é franca. As atividades acontecerão, inicialmente, das 8h às 14h. Teremos também várias brincadeiras, distribuição de brindes e uma exposição sobre as sementes da Mata Atlântica", destacou o chefe da Unidade, Leandro Goulart.

Sobre o Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Com uma área total de 20.024 hectares, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ) abrange os municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim, abriga mais de 2.800 espécies de plantas e uma fauna bastante diversificada: 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção e muitas espécies endêmicas, ou seja, que existem apenas na região.

Criado em 1939 para proteger a excepcional paisagem e a biodiversidade deste trecho da região serrana do Rio de Janeiro, o Parque é reconhecido como um dos melhores locais do país para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel, além de possuir fantásticas cachoeiras e a maior rede de trilhas do Brasil, com mais de 200 km e diversos níveis de dificuldade. Já entre as escaladas, destacam-se o Dedo de Deus, marco inicial da escalada no país, e a Agulha do Diabo, considerada uma das 15 melhores escaladas em rocha do mundo.

registrado em:
Fim do conteúdo da página