Planos de Ação - PLANOS DE AÇÃO ELABORADOS

Indice

Plano de Ação Nacional para Conservação da Herpetofauna Insular Ameaçada de Extinção – Portaria nº 94de 27 de agosto de 2010

Tem como objetivo estabelecer medidas para proteção e recuperação do ambiente e das espécies de répteis e anfíbios ameaçadas de extinção e endêmicos da Ilha de Alcatrazes e Ilha da Queimada Grande, no litoral do Estado de São Paulo, visando minimizar o processo de ameaça. Tem como espécies alvo um anfíbio (Scinax alcatraz) e três serpentesBothrops insularis, B. alcatraz e Dipsas albifrons cavalheiroi, contempladas em 62 ações em implementação.

 

LIVRO PUBLICADO

           pan herpeto insular
pan paraiba sul

Plano de Ação Nacional para Conservação das Espécies Aquáticas ameaçadas de extinção da Bacia do Rio Paraíba do Sul - Portarias ICMBio nºs 131/2010 e 107/2012

Elaborado em conjunto com o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais – CEPTA, tem como objetivo recuperar e manter as espécies aquáticas ameaçadas da Bacia do Rio Paraíba do Sul. Com a revisão da portaria na segunda reunião de monitoria, este PAN passou a contemplar 12 espécies de peixes, três crustáceos, três moluscos e o cágado de hogei (Mesoclemmys hogei), sendo esta, a única espécie de quelônio dulcícola que consta na Lista Oficial da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção. Abrange 12 metas e 56 ações em implementação.

 

LIVRO PUBLICADO

Plano de Ação Nacional para Conservação de Répteis e Anfíbios Ameaçados de Extinção da Serra do Espinhaço - Portaria nº 024 de 17 de fevereiro de 2012

PAN Herpetofauna da Serra do Espinhaço abrange três espécies ameaçadas de extinção, Placosoma cipoense, Heterodactylus lundii e Phylomedusa ayaeyae e estabelece estratégias para proteção de outras 18 (Physalaemus deimaticus, Physalaemus maximus, Physalaemus erythros, Scinax pinima, Scinax cabralensis, Hydromedusa maximiliani, Philodryas laticeps, Philodryas agassizii, Liophis maryellenae, Psilophthalmus paeminosus, Heterodactylus imbricatus, Heterodactylus septentrionalis, Rhachisaurus brachylepis, Acratosaura spinosa, Anotosaura collaris, Cercosaura schreibersii, Enyalius erythroceneus, Stenocercus tricristatus), consideradas em risco ou deficientes de dados, abrangendo a Serra do Espinhaço, dentro dos limites da Reserva da Biosfera. Constam 65 ações em implementação.



SUMÁRIO EXECUTIVO

capa-hespinhaco

pan herpeto-do-sul

Plano de Ação Nacional para Conservação de Répteis e Anfíbios Ameaçados da Região Sul do Brasil Portaria nº 025 de 17 de fevereiro de 2012

O PAN da Herpetofauna do Sul do Brasil abrange os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, contemplando o bioma Pampa e o sul do bioma Mata Atlântica, além de uma pequena intrusão do Cerrado a nordeste do Estado do Paraná.  As 97 ações propostas no Plano de Ação têm por objetivo geral manter a diversidade de anfíbios e répteis da região sul do Brasil, em especial dois sapinhos-de-barriga-vermelha (Melanophryniscus macrogranulosus, M. dorsalis) e três lagartos (Liolaemus occipitalis, Cnemidophorus vacariensis e Anisolepis undulatus) e outras 32 espécies de anfíbios anuros, uma de quelônio, cinco lagartos e oito serpentes em risco de extinção ou deficientes de dados.

SUMÁRIO EXECUTIVO

Plano de Ação Nacional para Conservação da Herpetofauna Ameaçada da Mata Atlântica Nordestina.

Tem como recorte geográfico os enclaves de Mata Atlântica do Estado do Ceará e remanescentes de Mata Atlântica do norte do Estado do Rio Grande do Norte até o sul da Bahia. Esse plano tem como objetivo aumentar o conhecimento sobre as espécies contempladas e minimizar os efeitos adversos das ações antrópicas sobre as mesmas.

Para cumprir esse objetivo foram pactuadas 47 ações que buscam a recuperação de populações de seis espécies-alvo ameaçadas, sendo três anfíbios: Adelophyne maranguapensisAdelophryne baturitensis Agalychnis grânulos; três répteis: a serpente Bothrops pirajai e os lagartos Cnemidophorus abaetensis Cnemidophorus nativo. Além dessas, outras 28 espécies com indícios de ameaças serão beneficiadas.

Mais Informações

Cnemidophorus abaetensis Foto Eduardo Dias

Cnemidophorus abaetensis             Foto: Eduardo Dias