O QUE PRECISAMOS SABER PARA PARA SUCESSO DE UM BOM MONITORAMENTO? DICAS BASEADAS NOS PADRÕES ABERTOS DE CONSERVAÇÃO

Leonardo Carvalho Oliveira, Karl Didier

Resumo


Monitoramento é um dos passos mais importantes em projetos de conservação e manejo. Entretanto, para um bom monitoramento necessitamos de um bom planejamento, para evitar desperdícios de tempo, esforço e dinheiro. Utilizando uma abordagem de manejo adaptativo, discutimos aqui os componentes que devem estar presentes nas etapas de planejamento e os passos para o monitoramento de um projeto de conservação. Embora aplicar a abordagem acima descrita não seja sinônimo de sucesso em um projeto de conservação, os componentes e passos descritos nesse trabalho podem aumentar suas chances de sucesso do mesmo, fornecendo e discutindo cada componente de um planejamento e monitoramento de projeto de conservação, dificilmente encontrados na maioria dos projetos hoje em dia.Para aumentar tanto a quantidade de recursos disponíveis para conservação como a eficiência com que estes recursos são gastos, discutimos neste artigo o que projetos que visam a conservação e o manejo como planejar suas estratégias, monitorar os efeitos das mesmas e avaliar as relações de custo-efetividade dessas estratégias. Usando como base a abordagem de manejo adaptativo conhecida por Padrões Abertos para a Prática de Conservação, nós sugerimos alguns componentes-chave e ferramentas de planejamento estratégico e monitoramento de projetos, em particular ferramentas de diagramação (modelos conceituais e cadeia de resultados) e a utilidade de medidas prévias e áreas de comparação (p. ex. controles) para o monitoramento da efetividade de estratégias. Para demonstrar a utilidade do manejo adaptativo, nós discutimos dois exemplos atuais de projetos publicados que tenham completado pelo menos um ciclo de manejo adaptativo (planejar, monitorar, avaliar e adaptar).

Texto completo:

PDF