História

Em meados dos anos 1900, a região da Serra do Mar compreendida desde a costa litorânea do Rio Grande do Sul, ao Espírito Santo, já tinha sua importância ambiental levada em conta pelo Governo Federal (Decreto 50.813/61). Em 1961 foram instituídas, ao longo da Serra do Mar, Florestas Protetoras para garantir a segurança de encostas, a manutenção das belas paisagens e o potencial turístico.

Neste contexto, uma década mais tarde (1971), durante o regime militar, o Decreto Federal 68.172 institui entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Serra da Bocaina. O vasto território de 134.000 ha – reduzido no ano seguinte para 104.000 ha (Decreto Federal 70.694/72) - abrange diversas cidades históricas paulistas (São José do Barreiro, Areias, Ubatuba e Cunha) e cariocas (Paraty e Angra dos Reis) em territórios de grandes altitudes, atingindo mais de 2.000 metros acima do nível do mar, no interior e muita beleza no litoral, com piscina natural, praias e costão rochoso.

Junto a toda região da Mata Atlântica, o Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB) é reconhecido como Reserva Mundial da Biosfera pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em 1992. Tal Reserva, busca conciliar a conservação da biodiversidade com o uso sustentável do território.

Depois de passar pela gestão do extinto IBDF e também do IBAMA, atualmente o Parque Nacional da Serra da Bocaina é de responsabilidade do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Relação dos Chefes do Parque Nacional da Serra da Bocaina, desde sua criação:

1971 a 1977

Otávio Caldas de Oliveira - Engenheiro Agrônomo

1977 a 1986

Mário Augusto Bernardes Rondon - Engenheiro Agrônomo

1986 a 1988

José Delcidio Duarte Vieira - Engenheiro Florestal

1988 a 2003

Mário Augusto Bernardes Rondon - Engenheiro Agrônomo

2003 a 2005

Daniel Di Giorge Toffoli - Geógrafo

2005 a 2008

Dalton Marques Novaes - Biólogo

2008 -  Agosto de 2017

Francisco Fernando Livino de Carvalho - Arquiteto

Setembro de 2017 - atualmente

Mário Douglas Fortini de Oliveira - Biólogo